header-logo.png Instituto Kailua
#AVidaLaFora –  Colômbia: Vale a pena imigrar?
aula de espanhol, colombia, espanha, imigração, imigrar para colombia,

#AVidaLaFora – Colômbia: Vale a pena imigrar?

Colômbia


O número de brasileiros que imigraram para outros países nos últimos anos aumentou consideravelmente. Seja em busca de segurança, saúde, educação, qualidade de vida ou a junção de todos esses fatores. Muitas pessoas estão deixando tudo para trás para recomeçar a vida em outro país do zero, será que vale a pena?
Essa pergunta com certeza passa na cabeça das pessoas que estão pensando em buscar algo novo, o medo de não se adaptar ao novo país, a falta dos amigos e familiares e até mesmo o idioma e a culinária são preocupações recorrentes de quem pensa em tentar a vida fora.
Por isso é muito importante que as pessoas pesquisem e se informem ao máximo antes de cair nessa aventura. Pensando nisso, hoje trouxemos um artigo com informações sobre a imigração para a Colômbia, destino que recentemente vem recebendo muitos brasileiros, seja para o turismo ou para um recomeço.

Características gerais


A Colômbia se localiza no noroeste da América do Sul, fazendo fronteira com diversos países como o Brasil, Venezuela, Equador, Peru e Panamá. Sua capital é Bogotá. A população é constituída por aproximadamente 47 milhões de pessoas, ficando atrás apenas do Brasil na América do Sul.
A língua oficial do país é o espanhol. Atualmente a Colômbia é considerada a quarta maior economia da América Latina. O momento é favorável para o mercado colombiano. A moeda oficial é o peso colombiano.
O clima é bem parecido com o do Brasil. Na parte cultural, a Colômbia é o berço de diversos gêneros musicais, como a Cúmbia, o Bambuco e o Vallenato. Ritmos ótimos para dançar.
As comidas, embora diferentes, são um sucesso.

Como morar na Colômbia?

Para morar na Colômbia, você precisará de um visto. Esse poderá ser de Negócios (NE), Temporário (TP) ou Residente (RE). Lembrando que brasileiros podem visitar o país a turismo sem a necessidade de visto por 180 dias, depois desse período, o viajante precisa de uma permissão específica.
Pessoas casadas com colombianos podem dar entrada no visto de residente. Todas as pessoas que estiverem legais por pelo menos um ano e forem cidadãos da América Latina, podem pedir a naturalização colombiana e residir permanentemente.
Quem pensa em ir para Colômbia tem que ter em mente que precisa do visto certo para trabalhar e estudar no país.   Existe até visto para os que desejam empreender. Todos os vistos possuem custos específicos e documentações necessárias que estão disponíveis no site da embaixada ou dos consulados da Colômbia no Brasil. Mudar para um país de forma ilegal, além de ter implicações na lei, podem dificultar a construção de uma nova vida.

Pontos positivos

Custo de vida

O custo de vida na Colômbia é muito menor que no Brasil. Se olharmos a capital Bogotá veremos a diferença entre aluguéis, supermercado, gasolina, despesas fixas como água e luz, e até mesmo custos relacionados aos momentos de lazer. Isso porque a carga tributária da Colômbia também é menor que as que pagamos no Brasil. Os colombianos pagam a metade do que pagamos em impostos. O salário mínimo na Colômbia é de 781 mil pesos (R$ 1.023,53), mas a média que um colombiano ganha é de 962 mil pesos (R$ 1.260,73) por mês. Em cidades menores como Medellín, Cali e Pasto o custo de vida pode ser menor ainda.

    • Trabalho

      Devido a sua estabilidade financeira, a Colômbia oferece muitas vagas de emprego. Uma volta pela rua e você já consegue identificar diversos anúncios dos empregos ditos como “informais’’. Porém, grandes empresas também gostam de contratar mão de obra qualificada brasileira. Os salários costumam ser acima da média que oferecem para cidadãos locais. Além disso, há várias vagas para fluentes em Português no país (principalmente para professores);

Receptividade

Você sabia que na Colômbia há um slogan que diz: ‘’ O risco é querer ficar’’? Pois é, e quem conhece o país diz que é isso mesmo. O povo colombiano é conhecido por ser muito receptivo, alegre, sorridente e disposto a ajudar! Também costumam ser calorosos como nós brasileiros. O povo colombiano é conhecido por passar a sensação de que estamos em casa. Isso pode ser um fator muito bom para adaptação de quem está pensando em eleger o país como destino;

Diversidade Geográfica 

Essa é pra quem adora viajar e passear. A Colômbia tem todo o tipo de turismo. Existem praias, montanhas, vulcões, vida noturna e se você quiser, até neve!  Viajar na Colômbia costuma ser bem barato. Isso significa que qualquer final de semana ou dia livre, você pode conhecer um lugar diferente. Nada melhor que viajar, certo? 

Educação

Pra quem está afim de aprender espanhol, a Colômbia pode ser um ótimo destino. Isso porque além do custo de vida, as escolas oferecem preços atrativos, bem menores que a maioria dos países da região. Para quem curte a ideia de fazer faculdade fora do Brasil, a Colômbia também pode ser uma boa opção. Os preços são atrativos quando comparados as faculdades brasileiras. Porém, as faculdades públicas na Colômbia também são pagas. O ensino é considerado de muita qualidade e se destaca na área da saúde, finanças e engenharia

Culinária

Mesmo tendo uma culinária bem diferente do Brasil, a Colômbia não deixa a desejar no quesito comida. O Ajiaco, as Patacones, o Ají e as empanadas colombianas com certeza vão entrar no seu cardápio. O café colombiano é considerado um dos melhores do mundo.

Visitas ao Brasil

Um problema recorrente de muitas pessoas que se mudam para fora do Brasil, é a frequência com que conseguem visitar os seus familiares. A distância, o tempo de viagem, os preços das passagens são caras… A vantagem da Colômbia é a proximidade. Dependendo da região onde você morar, a Colômbia pode até fazer divisa com o Brasil. As passagens costumam entrar em promoção em algumas épocas do ano e você pode até encarar vir até de carro, fazendo um tour pela América do Sul, já pensou?

 
Pontos negativos:

Idioma

O espanhol é uma língua semelhante ao português. O espanhol colombiano é considerado um dos mais fáceis de aprender. Mesmo assim, quem deseja se mudar para a Colômbia precisa estar minimamente familiarizado com a língua. Para aqueles que desejam uma colocação melhor no mercado de trabalho, já precisa vir com a língua em modo avançado (no mínimo).

Segurança

A Colômbia é um país com os maiores índices de violência dentro da América do Sul. Porém, essa é uma característica que vem mudando para melhor durante os últimos anos. Ainda assim, deixa a desejar quando os assuntos são assaltos e furtos. Principalmente nas cidades mais turísticas. A sensação de sair na rua tranquilamente pode ser mais encontrada mais facilmente em cidades afastadas ou menores;

Saúde

Diferente do sistema público do Brasil, o serviço de saúde na Colômbia é totalmente pago.  Porém, isso não garante as qualidades dos serviços. É muito comum pessoas esperarem meses por uma consulta ou encontrar hospitais sem infra–estrutura necessária.

Vale a pena mudar para a Colômbia?

 A decisão de mudar de país é muito pessoal, pois depende dos objetivos de cada um. Se você estiver a procura de um novo lugar visando somente diminuir seus gastos mensais e poder ter mais momentos de lazer, a Colômbia pode ser uma forte candidata..
Agora, se para você o que importa mesmo é se sentir seguro, talvez não haja destinos mais indicados.
Quem pretende se mudar tem que avaliar diversos aspectos e ver qual o lado que pesa mais. Qualquer mudança exige adaptações, mas mudar de país exige o dobro. Você vai precisar de planejamento financeiro e psicológico.
Sem dúvidas morar fora é um desafio, mas também é uma oportunidade única de crescimento pessoal e profissional.
 

Compartilhe em suas redes sociais:

RSS
E-mail
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram

Sobre o autor:

Instituto Kailua

Instituto Kailua

O Instituto Kailua é um negócio social que visa levar a educação a lugares onde ela ainda não chega ou é escassa.

Desenvolvemos um sistema ''um para um'', onde cada aluno pagante financia o ensino de quem ainda não pode pagar.

O IK oferece aulas de inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, árabe, iorubá, reforço escolar e muito mais.

0 0 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments