header-logo.png Instituto Kailua
Como manter a saúde mental em tempos de pandemia?
coronavirus, covid 19, isolamento social, pandemia, quarentena, saúde mental,

Como manter a saúde mental em tempos de pandemia?

Como manter a saúde mental em tempos de pandemia?

Escrito por professora Natália Ricardo
 
O mundo está atravessando um momento delicado. O coronavírus – Covid-19 está cada vez mais contaminando pessoas ao redor do mundo e já é possível notar algumas consequências. Não me refiro apenas aos óbitos de entes queridos, mas também às mudanças bruscas em nossa rotina e saúde mental.

Considerando a dificuldade de nos adaptarmos ao isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde, esse post possui o propósito de acalentar os que estão em casa, seja cuidando de si ou dos outros.

Sendo assim, falaremos um pouco sobre como preservar a saúde mental em tempos de isolamento social.

O primeiro passo consiste em evitar o bombardeio de informações. Com o advento da tecnologia, o acesso aos acontecimentos em tempo real ficou muito mais fácil. Contudo, informações em excesso podem desencadear crises de ansiedade. Estar ciente dos fatos é diferente de estar obcecado. Além disso, há de se ter cuidado com informações incompletas ou falsas, as famosas fake news.

Nesse sentido, sugerimos que procure sites confiáveis para obter informações. Busque fazer isso em um determinado horário do dia e não a todo momento. Caso contrário, além de crises de ansiedade, não conseguirá se concentrar em outros afazeres do dia a dia.

Algumas empresas adotaram o esquema home office e isso se tornou outro desafio para pessoas que não estavam habituadas. Para tanto, procure manter alguns hábitos. Se possuía o costume de tomar banho e café da manhã, permaneça com essa prática. Estabeleça um horário para acordar, que pode ser mais tarde, haja vista que não perderá mais tempo com o descolamento. Procure usar roupas confortáveis para fazer suas atividades e crie um ambiente harmonioso.

Caso haja possibilidade, faça alongamento ou algum tipo de atividade física. Essa prática ajudará a manter o equilíbrio.

Ressalta-se que a alimentação possui um papel fundamental na saúde mental. Sendo assim, busque comer de forma saudável e em horários específicos. Equilibrar a vida profissional e pessoal é crucial nesse momento.

No que se refere a tratamentos contínuos, muitos psicólogos estão realizando as sessões online. Essa medida, além de não interromper o tratamento, é altamente recomendada para evitar o contágio do coronavírus. Vale destacar que ambos saem beneficiados com essa prática: o profissional que não perde a renda e o indivíduo que dá continuidade ao tratamento.

Caso ainda não tenha dado início ao tratamento, mas sente necessidade de falar com algum psicólogo, procure por plataformas que dispõem de profissionais especializados para atendimento. Não tenha vergonha de pedir ajuda. Esse é um momento sensível para todos.

Ainda que o isolamento social nos distancie fisicamente das pessoas que amamos, a internet pode nos auxiliar bastante nesse aspecto. Use aplicativos e redes sociais para dizer às pessoas o quanto as ama. Grave um vídeo e envie para aquele parente que mora em outro estado. Ligue para os seus avós que estão isolados e pegue sugestões de receitas. Faça uma chamada de vídeo com os amigos para planejar aquela viagem tão almejada. Procure se manter conectado com as pessoas que ama. Essa prática fará muito bem a mente e ao coração.

Utilize esse tempo para se dedicar a atividades que gosta, mas que nunca sobrava tempo. Agora é o momento de terminar de pintar aquele quadro ou de escrever aquele livro. A pandemia pode ser o momento apropriado para aprender a cozinhar ou desenhar. Como muitos conteúdos estão sendo disponibilizados gratuitamente, não será difícil encontrar recursos para desenvolver aquela paixão. Costumávamos usar a falta de tempo como pretexto para postergar diversas atividades. Agora é o momento de dar atenção a elas.

Estamos vivenciando um tempo que não há espaço para o egoísmo. Sendo assim, se sentir que o seu amigo está cabisbaixo ou precisando conversar, ligue para ele ou envie mensagens. Deixe que perceba que não está só e que todo mundo está assustado. Mais do que nunca precisamos nos colocar do outro.

Procure cultivar momentos felizes e pensamentos positivos. Foque em sua respiração e nas pessoas que fazem parte de sua vida.

Esse período não é para bater metas ou se cobrar. Essa é a oportunidade de desacelerar o ritmo e olhar a vida com mais ternura e compaixão.

Aproveite esse momento para se conhecer, descobrir os seus gostos e valorizar as pessoas que têm em sua vida. O futuro agradecerá.

Compartilhe em suas redes sociais:

RSS
E-mail
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram

Sobre o autor:

Natália Ricardo

Natália Ricardo

Nascida no interior do Rio de Janeiro e formada em Letras pela UERJ. Eu cresci rodeada de livros e hoje me encanta ler e ouvir histórias. Uma pessoa apaixonada por culturas diferentes, dias de sol escaldante e mar convidativo. Adoro viajar, ler bons livros e assistir filmes de suspense.

0 0 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments