header-logo.png Instituto Kailua
Quando usar ‘por que’, ‘porque’, ‘por quê’ e ‘porquê’?
diferença, lingua portuguesa, por quê, por que, porque, porquê, porque junto e separado, português, pq,

Quando usar ‘por que’, ‘porque’, ‘por quê’ e ‘porquê’?

O uso dos porquês é um tema amplamente discutido e que traz dúvidas aos nossos estudantes. Pensando nisso, decidimos esclarecer o uso dos porquês para que você se saia bem em provas e concursos.

Há 4 tipos de porquês na língua portuguesa, a saber: ‘por que’, ‘porque’, ‘por quê’ e ‘porquê’.

1º Por que 

O “por que” (separado e sem acento) deve ser utilizado no início da frase para fazer um questionamento ou no meio de frases interrogativas indiretas. Para melhor entendimento, observe as frases a seguir:

Por que você me deixou esperando todo esse tempo?

Por que você está agindo assim?

Quero saber por que você não dormiu em casa ontem.

Você sabe por que eu estou falando isso.

Quando empregado no meio das sentenças, o “por que” pode ser substituído por “pelo qual” ou “por qual”.

Acompanhe:

Não sei o motivo por que as pessoas me perguntam isso. Ou

Não sei o motivo pelo qual as pessoas me perguntam isso.

Eu desconheço a razão por que ele sempre briga comigo. Ou

Eu desconheço a razão pela qual as pessoas me perguntam isso.

2º Porque 

O “porque” (junto e sem acento) é utilizado em respostas. É uma conjunção empregada com a função de explicar ou justificar algo. Sendo assim, pode ser substituído por palavras como “pois” ou “para que”.

Acompanhe:

Não saí ontem porque estava me sentindo muito mal. 

Eu não fui à festa porque não recebi o convite a tempo.

Não limpei a casa porque estou com dor de cabeça.

O bebê está chorando porque está com fome.

3º Por quê

O “por quê” (separado e com acento) é utilizado no final de frases interrogativas, seja de maneira direta ou isolada. A função exercida é “por qual razão”. Observe os exemplos abaixo:

Você parece chateada. Por quê?

Essa criança ainda não tomou banho? Por quê?

Andar dez quilômetros? Por quê? Vamos de metrô.

Maria parece preocupada com o carro, por quê?

4º Porquê

O “porquê” (junto e com acento) assume o papel de substantivo, que significa causa ou motivo. Ele pode aparecer nas frases precedido de pronome, adjetivo, dentre outros. Acompanhe a seguir:

Você pode me explicar o porquê de tanta bagunça?

Não foi mencionado o porquê das demissões.

Não entendo o porquê dessa revolta.

Queria entender o porquê desses acontecimentos catastróficos.

Visando facilitar o entendimento, preparamos um resumo:

– Por que (separado e sem acento) – utilizamos para fazer perguntas;

– Porque (junto e sem acento) – utilizamos em respostas;

– Por quê (separado e com acento) – utilizamos em final de frase; e

Porquê (junto e com acento) – utilizamos como substantivo.

Vale acrescentar que para identificar o uso dos porquês é necessário praticar tanto a leitura quanto a escrita. Busque escrever todos os dias, pois tal prática ajudará no desenvolvimento da criatividade. O seu cérebro ficará mais ativo conforme a prática e as ideias ficarão ainda mais impressionantes. Em um primeiro momento, você pode escrever coisas sobre o seu dia ou lugares que gostaria de conhecer, por exemplo. À medida que o tempo for passando, escreva uma resenha sobre uma série, seu livro favorito ou um filme.

Lembre-se que cada indivíduo tem um ritmo, então leve o tempo que for preciso. Algumas pessoas conseguem se concentrar em ambientes com ruídos, enquanto outras preferem ouvir música enquanto produzem um texto. O mais importante é que você esteja confortável e isso inclui um ambiente bem iluminado, arejado e uma cadeira confortável. O ambiente de estudo deve ficar longe de distrações. Sendo assim, tente manter o celular no silencioso e a televisão desligada.

Por fim, é preciso ter cuidado com a internet. Embora ela seja uma ferramenta fantástica para tirarmos dúvidas, podem causar distrações. Com as dicas acima, você será capaz não só de entender o uso dos porquês, mas também de outras diferenças da língua portuguesa.

Nós do Instituto Kailua entendemos que o sucesso de um aluno é o sucesso de todos. Sendo assim, nosso objetivo é caminhar junto aos nossos estudantes em busca do conhecimento.

Quer ver outros conteúdos na página? Então envie uma mensagem pra gente e diga quais são as suas dúvidas na língua portuguesa!

Fique ligado para aprender mais!

Compartilhe em suas redes sociais:

RSS
E-mail
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram

Sobre o autor:

Natália Ricardo

Natália Ricardo

Nascida no interior do Rio de Janeiro e formada em Letras pela UERJ. Eu cresci rodeada de livros e hoje me encanta ler e ouvir histórias. Uma pessoa apaixonada por culturas diferentes, dias de sol escaldante e mar convidativo. Adoro viajar, ler bons livros e assistir filmes de suspense.

0 0 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments