header-logo.png Instituto Kailua
Top7 programas gratuitos para fazer no Rio de Janeiro
arpoador, ccbb, feira de são cristóvão, gratuitos, lagoa, lapa, parque lage, passeios, pedradotelegrafo, rio de janeiro, turismo,

Top7 programas gratuitos para fazer no Rio de Janeiro

Top7 programas gratuitos para fazer no Rio de Janeiro

O mês de Julho é bem conhecido no Brasil como o “mês das férias” e isso se dá graças ao calendário escolar e universitário do país, o que faz muitos pais aproveitarem para remarcar suas férias para este período. Mas, este artigo não contempla apenas aqueles que estão de férias. Pode ser uma folga durante a semana ou a vontade de aproveitar o fim de semana de maneira diferente. 
A maioria dos lugares que trabalharemos aqui são gratuitos, mas alguns cobram um valor de entrada em alguns dias da semana. Mas não se preocupe, avisaremos quando isso acontecer. Fique, também, de olho nos sites dos lugares para o caso de acontecer alguma mudança de preço! Prontos para o Top7? Vamos a ele: 

  1. Assistir ao pôr do sol da pedra do Arpoador

A praia e a pedra do Arpoador são paradas obrigatórias para quem visita a orla do Rio de Janeiro. Todas as praias cariocas possuem seu charme, mas esta em especial possui um pôr do sol incrível, aplaudido e comentado pelos visitantes. Possui mais ou menos 500m de extensão, com ondas constantes e bem visitada pelos surfistas da região.
Entrada: Espaço público.
Estação de metrô mais próxima: General Osório (Linha 1)

Crédito: Getty Images

  1. Fazer um piquenique e conhecer o Parque Lage

O parque fica na Rua Jardim Botânico, no bairro de mesmo nome, e é um dos mais conhecidos parques públicos do Rio de Janeiro, com inúmeros jardins e aos pés do Cristo Redentor. Uma excelente dica é ir bem cedo para desfrutar do café da manhã no restaurante localizado dentro do Palacete. Os preços não são os mais baratos, mas é uma experiência gastronômica ótima. O espaço conta, também, com um palacete do início do século, onde hoje funciona a escola de Artes Visuais. Possui uma excelente estrutura e, para quem curte história conta com uma antiga lavanderia de pedra, do período imperial. 
Entrada: Gratuita (O estacionamento é pago, então consulte o valor no local)
Horário de Funcionamento: Todos os dias, das 8h às 17h.
Estação de metrô mais próxima: Botafogo (Linhas 1 e 2) 

Crédito: Vou na Janela Blog

  1. Conheça a Escadaria Selarón

Essa escadaria está localizada no boêmio bairro da Lapa e a liga a de Santa Teresa. Conta com 215 degraus e 125 metros de comprimento e é decorada com mosaicos feitos pelo artista plástico chileno Jorge Selarón. Deste ponto, você pode conhecer as ruas de Santa Teresa, visitar os Arcos da Lapa e, ainda parar em algum barzinho por ali para um petisco ou refeição mais elaborada. A escolha é sua! 
Entrada: Espaço público.
Estação de metrô mais próxima: Cinelândia (Linhas 1 e 2)

Crédito: Free Walker Tours

  1. Cantar no karaokê na Feira de São Cristóvão

Localizada no Campo de São Cristóvão, no Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, a comumente chamada Feira de São Cristóvão possui fácil acesso a todas as zonas da cidade. O local apresenta um ambiente de diversão e aconchego como poucos, além de comidas típicas nordestinas. Mesmo não sendo do Nordeste, você vai se sentir em casa com a imensidão de restaurantes, karaokês e bares para todos os gostos. 
Entrada: Gratuita de terça à sexta (10h às 18h) e R$5,00 das 18h de sexta até 20h de domingo (Exceto feriados).
Horário de funcionamento: Terça à quinta (10h às 18h), Sextas à domingo (10h às 20h) – O horário indicado é o limite para a entrada, nos fins de semana a feira costuma ficar aberta até depois da meia noite. 
Estação de metrô mais próxima: São Cristóvão (Linha 2)

Crédito: EBC – Brasil

  1. Andar de Bicicleta pela Lagoa Rodrigo de Freitas

A Lagoa Rodrigo de Freitas se encontra na Zona Sul, no bairro de mesmo nome, separando o Leblon de Ipanema e é um dos cartões postais mais bonitos do Rio. Em sua orla, existem ciclovias e pistas de cooper, que costumam estar cheias de pessoas se exercitando ou curtindo a paisagem. Isto pode ser feito a pé ou, até mesmo, alugando uma das bicicletas pelo App Bike Itaú. O espaço ainda conta com inúmeras opções de bares, restaurantes e quiosques. 
Entrada: Espaço público.
Estação de metrô mais próxima: Cantagalo (Linha 2)

Crédito: Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro (Alexandre Macieira/Riotur)

  1. Visite o Centro Cultural Banco do Brasil

O CCBB como é popularmente conhecido é uma biblioteca pública muito famosa por suas exposições, peças de teatro, shows e outras mostras artísticas. A arquitetura do lugar já é de tirar o fôlego e o edifício onde se localiza data de meados de 1880. Esteja sempre atento à programação do lugar para escolher o melhor dia para sua visita. Confira o site do CCBB.
Entrada: Gratuita
Horário de funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.
Estações de metrô mais próxima: Carioca ou Uruguaiana (Linhas 1 e 2)

Crédito: Alexandre Macieira|Riotur

  1. Ver a paisagem da Pedra do Telégrafo

Este é um passeio um pouco mais distante dos outros, mas vale muito a pena a ida até Barra de Guaratiba, na zona oeste do Rio! Dali do alto você consegue uma vista privilegiada da natureza carioca e ainda pode tirar uma foto “radical”. Você já deve ter visto aquelas fotografias tiradas no lugar, né? O programa é ideal para os que gostam de se aventurar na natureza, porque a trilha até a pedra é um pouco íngreme e leva uns 50 minutos. Mas, você também pode conseguir um moto-táxi, vale conferir os valores por ali. Você consegue informações de para onde seguir ali no centro de Barra de Guaratiba, que é onde fica a estação de BRT Ilha de Guaratiba. 
Entrada: Espaço público
Estação de metrô mais próxima: Jardim Oceânico (Linha 4) – para chegar a Barra de Guaratiba, você terá que fazer a integração com o BRT pegando o BRT 25 (de segunda a sábado, das 4h às 9h30 e das 15h40 às 21h20) e saltando na estação Ilha de Guaratiba.

Crédito: Site Vamos Trilhar


Lembrando que o Rio de Janeiro possui diversos outros programas gratuitos para aproveitar, escolhemos apenas esses 07 para que possuam um norte na hora de montar a escala do dia de vocês. Nos conte nos comentários quais outros passeios gratuitos (ou mais baratos) vocês costumam fazer no tempo livre? Até a próxima e bom passeio! 
 

Mayra Bragança

 

Compartilhe em suas redes sociais:

RSS
E-mail
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram

Sobre o autor:

Natália Ricardo

Natália Ricardo

Nascida no interior do Rio de Janeiro e formada em Letras pela UERJ. Eu cresci rodeada de livros e hoje me encanta ler e ouvir histórias. Uma pessoa apaixonada por culturas diferentes, dias de sol escaldante e mar convidativo. Adoro viajar, ler bons livros e assistir filmes de suspense.

0 0 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments