header-logo.png Instituto Kailua
Variações linguísticas na língua alemã
alemanha, alemão, aprender alemão, aprender idiomas, Bernardo Limberger, HOCHDEUTSCH, instituto kailua, língua alemã, variações linguísticas,

Variações linguísticas na língua alemã

“Entre essas ocorrências, 11 tratam de variação geográfica, o que tem relação com a abordagem pluricêntrica da língua alemã (Cillia, 2006). É possível identificar a apresentação da variedade não padrão, principalmente na produção do /r/, que segundo Wiese (2003), em posição pré-vocálica, pode ser uma fricativa uvular [å] ou vibrante alveolar [r]. A uvular é produzida mais no norte da Alemanha e é considerada a forma padrão (cf. Wiese 2003), ao passo que a vibrante é produzida mais em Bayern e na Áustria. Pode-se ouvir nos textos também “sotaques” de grupos estrangeiros falando alemão, principalmente turcos, exemplos de variação social. A variação no nível morfossintático é baseada no Sie e no du, focalizada no livro para adultos, os quais, talvez, necessitam mais do uso dessa diferença em contextos de trabalho. Esse aspecto da variação linguística, relacionado ao uso do pronome pessoal formal e informal, também foi percebido por Ribeiro (2014) no livro para aprendizes de alemão em contexto de imersão.”

Fonte: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1982-88372019000200331&script=sci_arttext&tlng=pt

Considerações finais:

Segundo o autor Bernardo Limberger, existem diversas variações fonéticas em todo o território alemão , inclusive na Áustria em que o alemão é bem difuso. Isso é importante considerar, pois a variante HOCHDEUTSCH ( alemão padrão) , é que teremos um alemão compreendido em todos os territórios que falem o idioma alemão. Inclusive no nosso curso essa variante é ensinada, haja vista que nas principais metrópoles ( Frankfurt, Berlim, Colônia, Munique, Stuttgart, Hamburgo, Düsseldorf , Baviera) essa variante é a mais utilizada.

Compartilhe em suas redes sociais:

RSS
E-mail
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram

Sobre o autor:

Rafaella Galdino

Rafaella Galdino

Possui um perfil lúdico, onde sua filosofia de ensino é pautada no construtivismo, vertente defendida por Jean Piaget. Para ela, a melhor forma de aprender um idioma é brincando, rindo e interagindo! Tanto na língua portuguesa quanto na língua alemã.
Amante dos filmes clássicos alemães, ama a cultura nórdica em geral, por isso seus alunos sempre estarão atualizados, sobretudo, quanto a cultura germânica!.
Ela entende que o erro é o processo de aprendizado e não algo negativo, então com os erros que aprendemos a acertar, faz parte do processo!.
Adora conversar, viajar e interagir com todos ao seu redor com muita alegria e carinho ! Por isso bom humor, competência e aprendizado é garantido! De modo eficaz e divertido com a professora Rafaella Galdino!

2 1 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments