fbpx
Instituto Kailua - O ensino que vai até você!
WhatsApp: +55 (21) 98304-0143 | +55 (21) 98304-0135

Redundância: o que é?

Escrito por professora: Natália Ricardo

 

Você já ouviu falar em redundância? Sabe o que significa essa palavra? Caso desconheça, continue a leitura. Vamos tirar todas as dúvidas neste post!

Redundância consiste em um repetir uma ideia já expressa na frase. Construções redundantes impedem que o texto fique claro e objetivo. Além de cansar o leitor, a informação pode ficar comprometida.

A redundância, que também pode ser chamada de pleonasmo vicioso, faz parte do nosso dia a dia na língua falada, haja vista que falamos muitas coisas de forma inconsciente. Entretanto, ao produzirmos um texto, é fundamental evitarmos repetições desnecessárias.

É sabido que, para obter a colocação máxima em uma redação, é preciso transmitir a mensagem de maneira clara e harmônica.

Os exemplos elencados a seguir costumam ser mais recorrentes entre nossos alunos.

Acompanhe:

1. A loja da esquina está dando sorvete de graça.

Quando alguém dá alguma coisa, está implícito que é gratuito.

Opção: A loja da esquina está distribuindo sorvete.

2. Mal posso esperar para vê-la seguindo a vida em frente.

Se alguém está seguindo, subentende-se que é adiante.

Opção: Mal posso esperar para vê-la seguindo a vida.

3. Ela tinha certeza absoluta de que tinha trancado a porta.

Ao falarmos que temos certeza, não é preciso utilizar a palavra “absoluta”.

Opção: Ela tinha certeza de que tinha trancado a porta.

4. O evento teve que ser adiado para depois por causa da tempestade.

Adiamento significa postergação.

Opção: O evento teve que ser adiado por causa da tempestade.

5. O filme é baseado em fatos reais.

O substantivo masculino “fato” significa uma realidade que pode ser comprovada.

Opção: O filme é baseado em uma história real.

6. Os irmãos sempre repartem os alimentos em metades iguais.

Quando dividimos algo pela metade, as partes têm que ser iguais.

Opção: Os irmãos sempre repartem os alimentos igualmente.

7. O país exportou para fora menos alimentos em 2019.

O verbo exportar indica que algo foi para fora.

Opção: O país exportou menos alimentos em 2019.

8. Eu estava chegando em casa quando amanheceu o dia.

O verbo amanhecer é intrínseco ao dia.

Opção: Eu estava chegando em casa quando amanheceu.

9. Luiz subiu para cima no telhado para verificar a antena.

O verbo subir indica que a direção é para cima.

Opção: Luiz subiu no telhado para verificar a antena.

10. José viu os estudantes entrando para dentro da sala de aula.

Ao utilizarmos o verbo entrar, a direção está subentendida.

Opção: José viu os estudantes entrando para sala de aula.

11. Oh! Que bela surpresa inesperada!

O substantivo feminino “surpresa” indica imprevisto.

Opção: Oh! Que bela surpresa!

12. Cristine será a protagonista principal da peça.

O protagonista é a pessoa principal daquilo que participa.

Opção: Cristine será a protagonista da peça.

13. É preciso repetir novamente as orientações?

O verbo “repetir” indica reiteração.

Opção: É preciso repetir as orientações?

14. A tarefa precisa ser planejada previamente.

O planejamento é uma atitude antecipada.

Opção: A tarefa precisa ser planejada.

15. O computador não era acessível a todos há alguns anos atrás.

O verbo “haver” no sentido de existir indica tempo decorrido e o advérbio “atrás” indica tempo passado.

Opção: O computador não era acessível há alguns anos.

16. Precisamos pensar na conclusão final do trabalho.

O verbo “concluir” indica término.

Opção: Precisamos pensar na conclusão do trabalho.

Quanto mais leituras você fizer, mais fácil será o processo de criação textual. As ideias e a estrutura surgirão naturalmente e, com o passar do tempo, não será difícil excluir as redundâncias do texto. Caso queira, rascunhe as ideias. Separe em tópicos o que deseja esmiuçar no texto. A partir do momento que essa organização estiver no papel, os argumentos aparecerão naturalmente.

Se o processo de escrita está na fase inicial, procure formular frases curtas e na ordem direta. Tal prática evitará a confusão ou a repetição de palavras. Utilize sinônimos. À medida que se sentir mais confiante, desenvolva assuntos mais densos e com frases mais longas.

Ao fim, revise o texto. Leia com tranquilidade para identificar as possíveis redundâncias ou erros gramaticais.

A leitura deve ser prazerosa, bem como o processo de escrita. Procure iniciar com temas que sejam do seu agrado até adquirir o hábito.

Quer ver mais dicas sobre a língua portuguesa? Fique ligado na página do Instituto Kailua para ler mais conteúdo como este!

 

Comentários

Comentários

Posts Relacionados